Você está aqui: Página Inicial
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018
 
Últimas Notícias
20/07/2017
Fonte: Folha de Pernambuco
Ipojuca mira na indústria hospitalar
Município pretende implantar um distrito industrial em Camela para atrair empresas fornecedoras do polo médico
Prefeitura de Ipoluca já negocia a instalação de uma indústria do segmento hospitalar Foto: Arthur de Souza/Arquivo Folha
 
De olho nos negócios que o polo médico oferece, a Prefeitura de Ipojuca está se movimentando para criar um novo polo industrial em Pernambuco. Desta vez, focado no setor hospitalar. A ideia é atrair fornecedores e produtores de equipamentos de saúde para uma área especializada que será construída nas proximidades do distrito de Camela. E, assim, evitar a importação desses materiais ao mesmo tempo em que movimenta a economia local, gerando empregos e receitas. 
 
“Pernambuco tem o segundo maior polo médico do Brasil, mas a indústria de equipamentos hospitalares praticamente não existe aqui. Então, por estar no Complexo de Suape, Ipojuca está se habilitando para convencer os empresários do setor a instalarem esse polo aqui e, assim, diversificar a capacidade industrial do nosso Estado”, revelou o secretário de desenvolvimento econômico da cidade, Marcos Queiroz, que é apoiado por representantes do setor médico local na empreitada.
 
“Nós somos o maior polo comprador do Norte/Nordeste, mas não dispomos de nenhuma indústria fornecedora. Temos que trazer esses equipamentos do Sul/Sudeste. Então, por que não criar um polo industrial médico aqui em Pernambuco, Estado que se destaca pela vocação logística?”, comentou o diretor geral da feira Hospitalmed, Rodrigo da Fonte, dizendo que o plano de Ipojuca será apresentado no evento deste ano, de 16 a 18 de agosto. 
 
Queiroz explicou que, apesar do pouco tempo de gestão, a Prefeitura de Ipojuca já reservou um espaço de 120 hectares para construir o distrito industrial médico em Camela. E a intenção é começar as obras ainda neste ano. “Vamos começar o mais rápido possível, assim que o tempo melhorar”, adiantou o secretário, dizendo que a construção será realizada antes mesmo de fechar contrato com as indústrias do setor.
 
 “É uma forma de facilitar a chegada do empresariado”, explicou Queiroz, que já conversa com uma indústria do segmento. “É uma negociação recente, pois assumimos a prefeitura em maio. Mas teremos novidade ainda este ano”, prometeu. Ele não revelou, no entanto, o investimento a ser realizado no distrito.
 
Recipólis
Outro projeto que busca aumentar a industrialização médica no Estado é o Recipólis, que aos poucos está sendo instalado na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) com recursos federais e está recebendo a primeira empresa incubada: uma multinacional de aparelhos oftalmológicos.
 

© 2000 - 2018 - Licite Assessoria. - Todos os direitos reservados
Central de Atendimento: (81) 3468.2486 / 3071-1766 - Das 08:00 às 17:00hs (Horário Comercial)